Newsletters

Aprovados investimentos para aumento da capacidade dos terminais de contentores

O Governo aprovou, hoje, uma resolução que solicita à Cornelder – concessionária do Porto da Beira – a realização de investimentos para o aumento da capacidade dos terminais de contentores e de carga múltipla.

A realização de investimentos é uma espécie de condição para o Governo estender o período de concessão do estratégico Porto da Beira à companhia Cornelder de Moçambique, por um período estimado em 10 anos.

O Porto da Beira faz parte do património dos CFM, empresa pública tutelada pelo ministro dos Transportes e Comunicações. Mas nas negociações dos termos de extensão da concessão, o governo será representado pelo ministro da Indústria e Comércio, Ragendra de Sousa. "Há alguma razão para não ser Carlos Mesquita, o ministro que tutela a área dos Portos", questionou o jornal O País à porta-voz do Governo. "Não, decidiu-se assim. Podia ser outro ministro", respondeu Ana Comoane. É público que o actual ministro dos Transportes e Comunicações tem interesses na empresa Cornelder, concessionária do Porto da Beira.